A Posição da L’OCCITANE sobre Testes em Animais

Por favor, reserve um tempo para ler e entender a nossa posição sobre esse tema de grande importância.

 

• A L'OCCITANE nunca testou seus produtos em animais e faz um gerenciamento próximo e ativo para  garantir que suas matérias-primas também não sejam testadas em animais. Não há absolutamente nenhum plano para mudar a nossa posição em relação a este assunto tão importante para nós. Desde a sua criação, a L'OCCITANE tem defendido a causa dos animais, recusando-se a usar em suas fórmulas quaisquer produtos de origem animal, com exceção dos produtos derivados da colméia.

• A L'OCCITANE é comprometida com associações como a One Voice e também foi uma das primeiras empresas a ser admitida na União Britânica para a Abolição da Vivissecção (BUAV), na lista de 1997. No entanto,  em dezembro de 2001, esta associação decidiu  remover de sua lista as empresas que operam na China, porque as autoridades chinesas podem efetuar alguns testes específicos ao registrar produtos para o mercado local. Em nenhum momento a L'OCCITANE praticou este tipo de teste, mas mesmo assim foi submetida a esta posição porque não pode apresentar provas formais de que estes testes não são realizados por autoridades chinesas em algum momento.

• Embora a L'OCCITANE respeite o direito dos países de definirem suas próprias leis e regulamentações, defendemos e participamos ativamente dos debates sobre a abolição de testes em animais no mundo inteiro.

• A L'OCCITANE considera contraproducente privar o país mais populoso do mundo de produtos que não foram testados em animais durante seu desenvolvimento e produção –  os consumidores chineses só teriam acesso aos produtos que foram testados, o que endossaria e fortaleceria as empresas que fazem testes em animais - resultado oposto ao desejado nos debates sobre o tema.

• Ainda assim, a L'OCCITANE quer participar ativamente da abolição dos testes em animais em todo o mundo. É por isso que a empresa está conectada com a BUAV para estabelecer um Grupo de Missão para a China para pressionar os chineses a permitir novas alternativas. A L'OCCITANE gostaria de destacar que ainda no início de 2011 participou de um colóquio em Pequim - juntamente com a BUAV e as autoridades chinesas - que teve como objetivo implementar testes alternativos e reconhecidos por essas mesmas autoridades. Estes testes substituiriam todos os testes que já estão em vigor na China.