L'Occitane
 Há 70 anos, seu avô estabeleceu uma fazenda perto do vilarejo de Lapeyrouse Mornay, na região de Drôme. O Sr. Nivon deu continuidade aos negócios da família, seguindo os passos de seu avô e de seu pai. Ele cultiva Angélica há 12 anos, e a incrível vitalidade desta planta continua a impressioná-lo. Em 2005, a angélica cultivada por ele para a L’Occitane en Provence recebeu certificação orgânica. De acordo com os requisitos do cultivo orgânico, não são usados fertilizantes ou pesticidas químicos. O óleo essencial e a água floral de angélica orgânica são extraídos das raízes da planta.

A L’Occitane en Provence adquire sua angélica da fazenda de Frédéric Nivon em Lapeyrouse Mornay, na região de Drôme. "A Angélica é uma planta surpreendente, que nunca deixa de me impressionar, mesmo após cultivá-la por 12 anos."